Serviços

Reabilitação da Inscrição Profissional por Transferência




O profissional que já foi inscrito no CRF-PR, solicitou transferência para outro CRF e deseja reativar sua inscrição no Paraná para voltar a exercer a profissão farmacêutica nesta Jurisdição. Este procedimento é chamado de reabilitação da inscrição por transferência.

 

1. Documentos necessários:

1.1 Certidão de Transferência expedida pelo Conselho Regional de origem;

1.2 Documentos profissionais (diploma, histórico), apenas nos casos em que a inscrição é muito antiga e foi transferido a mais de 20 anos;

1.3 Documentos pessoais (RG, CPF, título de eleitor, em caso de mudança de nome certidão de casamento);

1.4 02 (duas) fotos 3x4 padrão de documento (colorida, de frente, recente e preferencialmente de fundo branco).

1.5 Carteira de Identidade Profissional (marrom) para anotação. Deve ser apresentada pelo profissional no ato do requerimento, caso não tenha sido encaminhada pelo CRF de origem junto com a Certidão de Transferência.

 

ATENÇÃO: durante o procedimento, o requerente precisará confirmar o tipo sanguíneo.

 

2. Taxas:

2.1 Carteira, caso o profissional não esteja de posse, nem a mesma tenha sido encaminhada juntamente com a certidão de transferência

2.2 Cédula, caso desejar;

2.3 Anuidade do ano em exercício, CASO não tenha efetuado pagamento no CRF de origem;

 

Para maiores informações, sobre as taxas, entre em contato com o Departamento de Cobrança do CRF-PR através do e-mail: cobranca@crf-pr.org.br ou do telefone (41) 3363-0234 opção 2.

 

3. Requerimentos:

3.1 Requerimento 

3.2 Formulário de Identidade Profissional (preenchido e assinado no CRF).

 

4. Procedimento:

O procedimento é PRESENCIAL

O profissional deve confirmar previamente o recebimento da Certidão de Transferência pelo CRF/PR ou estar de posse do documento. A Certidão de Transferência tem validade de 60 (sessenta) dias, portanto, esse é o prazo para o profissional comparecer na sede ou seccional mais próxima do CRF e solicitar a reabilitação da sua inscrição, de posse dos documentos necessários. 

Após conferência da documentação pelo funcionário de CRF, são emitidas as taxas pertinentes ao procedimento e, após a quitação dos valores o procedimento é finalizado. A partir desse momento, o profissional já pode requerer ingresso de responsabilidade técnica no Paraná. Após aprovação do requerimento, os documentos são enviados posteriormente, por correio, com aviso de recebimento, ao endereço do profissional. 

Se desejar, o profissional poderá solicitar por telefone ou e-mail, o encaminhamento das taxas para adiantar o procedimento.

 

5. Informações importantes:

Conforme previsto na Resolução 638/17 do Conselho Federal de Farmácia, caso o farmacêutico não solicite sua inscrição na nova jurisdição, no prazo de 60 (sessenta) dias, a Certidão de Transferência é devolvida ao CRF de origem, onde ocorre a manutenção da inscrição.

 

ATENÇÃO: OS REQUERIMENTOS DE REABILITAÇÃO DE INSCRIÇÃO SÃO SUBMETIDOS À DIILIGÊNCIA JUNTO ÀS INSTITUIÇÕES DE ENSINO PARA CONFIRMAÇÃO DOS EGRESSOS, CASO NÃO TENHA SIDO DILIGENCIADO ANTERIORMENTE, NO ATO DA INSCRIÇÃO.