Notícia: Orientação ao farmacêutico: infecção pelo novo coronavírus

Publicado em 10/03/2020

Orientação ao farmacêutico: infecção pelo novo coronavírus


Orientação ao farmacêutico: infecção pelo novo coronavírus

Os coronavírus pertencem a uma família viral conhecida por causar infecções respiratórias. Elas geralmente são leves ou moderadas, mas também podem ser graves como a Síndrome Respiratória Aguda Grave e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio.

Um novo tipo de coronavírus (denominado 2019-nCoV) foi detectado há algumas semanas na China, por isso as autoridades sanitárias têm tomado medidas para conter a sua disseminação. 

 

Transmissão e sintomas

O vírus é transmitido de uma pessoa a outra através do ar (gotículas de saliva, espirro, tosse) ou por contato com secreções ou objetos contaminados. O período de incubação pode chegar a duas semanas.

Os sintomas são principalmente respiratórios e podem ser semelhantes aos do resfriado. Também pode ocorrer pneumonia. Deve-se estar atento a sintomas como febre, tosse e dificuldade para respirar.

 

Casos suspeitos

São considerados suspeitos de infecção pelo 2019-nCoV, pessoas que apresentem:

Situação 1 Situação 2 Situação 3
Febre Febre Febre
E E OU
Ao menos um sinal/sintoma respiratório Ao menos um sinal/sintoma respiratório Ao menos um sinal/sintoma respiratório
E E E
Histórico de viagem para região com transmissão local nos 14 dias anteriores ao surgimento dos sintomas Contato com pessoa suspeita de estar infectada pelo coronavírus nos 14 dias anteriores ao surgimento dos sintomas. Contato com pessoa com infecção confirmada pelo coronavírus nos 14 dias anteriores ao surgimento dos sintomas.

 

Tratamento e prevenção

O farmacêutico deve encaminhar os casos suspeitos a um serviço de saúde onde possa ser realizado o diagnóstico.

Não há tratamento específico, sendo indicados repouso, ingestão de água e medidas para alívio dos sintomas. Chás de erva-doce ou anis estrelado não combatem a infecção.

As seguintes ações colaboram para a não propagação do vírus:

  • - Cubra a boca quando tossir ou espirrar
  • - Higienize as mãos com frequência
  • - Evite contato próximo com pessoas que possam estar infectadas
  • - Mantenha os ambientes ventilados
  • - Não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, pratos e copos
  • - Evite encostar a mão no rosto

 

Referência:

  1. Ministério da Saúde. Novo coronavírus: o que é, causas, sintomas, tratamento, diagnóstico e prevenção. Disponível em: <http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/novocoronavirus>. Acesso em 29 jan. 2020.

 

Tem dúvidas sobre medicamentos? Entre em contato conosco: http://bit.ly/contatocimcrfpr


Fonte: CIM/CRF-PR