Notícias

Publicado em 12/07/2012

Tamiflu sai da lista de remédios controlados e pode ser vendido com receita simples


O Ministério da Saúde decidiu rever decisão de 2009 e liberou a venda do medicamento Tamiflu sem a retenção da receita
Tamiflu sai da lista de remédios controlados e pode ser vendido com receita simples

O Ministério da Saúde decidiu rever decisão de 2009 e liberou a venda do medicamento Tamiflu sem a retenção da receita. Isso ocorre no momento em que volta a crescer o número de casos graves e de mortes por gripe A no país.

 

O antiviral saiu ontem da lista de remédios de controle especial da Anvisa e agora deve ser vendido como medicamento de tarja vermelha, sem controle diferenciado e semelhante a anti-inflamatórios.

 

O ministério diz ainda ter conversado com o fabricante e as farmácias sobre a necessidade de ampliar a oferta.

 

Farmácias procuradas pela Folha em Florianópolis, Porto Alegre e Brasília disseram ter recebido, recentemente, as primeiras caixas depois de meses e até anos sem estoque. 

 

 

A Roche, fabricante do medicamento, informou que "tem atendido aos pedidos".

 

A decisão de facilitar a venda foi tomada em paralelo à sensibilização, em curso, para que os médicos prescrevam o remédio de forma precoce. O Tamiflu é o antiviral usado massivamente no mundo contra a gripe A, causada pelo vírus H1N1.

 

"Médicos ainda acham estranho prescrever medicamento para tratar o vírus da gripe", diz Cláudio Maierovitch, diretor do departamento de vigilância e doenças transmissíveis do ministério.

 

São elegíveis para o medicamento pacientes com síndrome gripal e fatores de risco ou síndrome gripal e falta de ar. Ele deve ser usado imediatamente, antes de confirmação da doença por laboratório.

 

Fonte: Folha de São Paulo