Notícias

Publicado em 29/05/2012

Organização Mundial da Saúde analisa vacinas no Brasil


Especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) visitaram a Anvisa, na última segunda-feira 28 de maio

Especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) visitaram a Anvisa, na última segunda-feira 28 de maio, para discutir uma proposta de cooperação entre os dois organismos voltada para a troca de informações sobre vacinas. O foco da discussão são as vacinas produzidas no Brasil e as vacinas pré-qualificadas pela OMS. Entre os temas abordados, destacam-se dados de segurança dos produtos, qualidade e eficácia das vacinas, Boas Práticas de Fabricação (BPF), e aspectos da pós-comercialização, como desvios de qualidade e recolhimento.

As vacinas brasileiras pré-qualificadas pela OMS são as para a febre amarela e a meningocócica AC, ambas produzidas por Biomanguinhos/Fiocruz. Também consta da pauta a discussão de requisitos regulatórios para a pré-qualificação da vacina de dengue.

A delegação da OMS seguirá para o Rio de Janeiro, nesta terça-feira (29/5), para uma auditoria em Biomanguinhos e para visita ao Instituto Nacional de Controle e Qualidade em Saúde (INCQS), quando discutirão aspectos relacionados aos testes de controle de qualidade de vacinas e liberação de lotes.

A delegação é composta por Nora Dellepiane, gerente do programa de pré-qualificação de vacinas da OMS; Maria Luz Pombo, assessora regional de biológicos da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) em Washington; e por Sandra Rumiano, consultora de BPF da OMS.

 

Fonte: Anvisa