Notícia: Brasil é 2º no consumo de remédio para déficit de atenção

Publicado em 25/05/2012

Brasil é 2º no consumo de remédio para déficit de atenção


O aumento do uso do medicamento ritalina foi constatado principalmente entre crianças e adolescentes
Brasil é 2º no consumo de remédio para déficit de atenção

O aumento do uso do medicamento ritalina entre crianças e adolescentes nos últimos anos rendeu ao Brasil o título de segundo maior consumidor mundial da droga, segundo pesquisas da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.


O remédio é comumente receitado por médicos e profissionais de saúde para jovens que não se comportam de maneira socialmente adequada, com desempenho escolar abaixo da média e desenvolvimento fora dos padrões da idade. São diagnosticados em geral com transtorno de hiperatividade. Entre 2000 e 2008, houve aumento de 1,65% na venda de metilfenidato, o principio da Ritalina, no país. Há, entretanto, pesquisas que indicam correlação direta entre o uso contínuo do medicamento em crianças e adolescentes à dependência química.

 

Fonte Agência Estado