Notícia: Encontro reúne entidades para debater fiscalização

Publicado em 14/11/2019

Encontro reúne entidades para debater fiscalização


Encontro reúne entidades para debater fiscalização

O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná, a Secretaria Estadual da Saúde do Paraná e a Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba organizaram, nos dias 12 e 13 de novembro, a terceira edição do Encontro Estadual de Fiscalização, o Enefis. Realizado no auditório do Mercado Municipal de Curitiba, o evento contou com a participação de mais 200 participantes, entre representantes de Vigilâncias Sanitárias, Regionais de Saúde, municípios e outras entidades.

Organizado com auxílio do Grupo Técnico de Trabalho de Vigilância Sanitária do CRF-PR, o encontro abordou assuntos que interferem diretamente no trabalho dos profissionais que executam suas atividades em torno da fiscalização e enfrentam diversos desafios para manter a sociedade segura nos aspectos que a saúde está englobada. Para iniciar as atividades, formou-se uma mesa de abertura, composta pela Dra. Mirian Ramos Fiorentin – Presidente do CRF-PR, Dr. Michele Caputo Neto – Deputado Estadual, Dr. Luiz Gustavo de Freitas Pires – Conselheiro Federal pelo Conselho Federal de Farmácia, Rangel da Silva – Presidente do Conselho Estadual de Saúde, Rosana Zapp – Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba e Dra. Gabriella Guidice – Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em seu discurso inicial, Dr. Michele Caputo enalteceu seu orgulho em ser farmacêutico e como o papel exercido pelo CRF-PR é fundamental para a valorização do profissional. “O Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná foi um dos primeiros a encarrar a necessidade de ter farmacêutico em todas as Farmácias. Ao mesmo tempo, não deixa de pensar na cooperação com a Vigilância Sanitária e a fundamental necessidade da fiscalização para um futuro promissor da categoria”, destacou Dr. Michele ao parabenizar os organizadores pela realização do evento. Em seguida, Dr. Luiz Gustavo de Freitas Pires relatou sua experiência pessoal ao vivenciar, agora como Conselheiro Federal, as dificuldades enfrentadas pelos fiscais no exercício de suas atividades: “hoje percebo como é uma atividade muito importante e cheia de desafios que precisam ser enfrentados para um bem maior da população”.

Dra. Mirian Ramos Fiorentin encerrou as falas da mesa de abertura e focou suas palavras para orientar os participantes sobre a necessidade de aprimoramento e educação contínua. “Entendemos que a junção das forças dos vários setores fiscalizatórios só fortalecem todos os envolvidos. Dessa forma, ajudamos cada um a desempenhar a sua parte e consequentemente, beneficiar o cidadão envolvido”, salientou a Presidente do CRF-PR.

O primeiro dia ainda contou com as palestras “Processos Administrativos Éticos” com a Gerente do Departamento de Ética do CRF-PR, Dra. Fernanda Penteado, “Novas Tecnologias na Área Farmacêutica” com o Gerente Técnico-Científico do CRF-PR, Dr. Jackson Rapkiewicz, e a mesa redonda “Fiscalização de Medicamentos Controlados pelo SNGPC” com Dr. Paulo Costa Santana – GTT de Vigilância Sanitária do CRF-PR, Dra. Gabriella Giudice – Anvisa, Dra. Carmen Hama – 18º Regional de Saúde, Dra. Sandra Alves – Vigilância Sanitária de Curitiba e Dr. Márcio Porfírio – Vigilância Sanitária de Londrina.

Já o segundo dia, 12 de novembro, as atividades iniciaram com um debate sobre a revisão da RDC nº 44/2009 que dispõe sobre Boas Práticas Farmacêuticas para o controle sanitário do funcionamento, da dispensação e da comercialização de produtos e da prestação de serviços farmacêuticos em farmácias. A mesa redonda, mediada pela Dra. Mirian Ramos Fiorentin, foi composta pela Dra. Tatiana Jubé – Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária da Anvisa, Dr. Cassyano Correr – Abrafarma e Dr. Roberto Canquerini – membro do GT de Farmácia Digital do Conselho Federal de Farmácia, Anvisa e Ministério da Saúde. Durante a tarde, Dr. Paulo Costa Santana ministrou palestra sobre “Pontos Críticos na Manipulação de Medicamentos” e, para finalizar o evento, uma mesa redonda sobre as experiências em ações integradas com a participação da Dra. Luciane Otaviano de Lima – Coordenadora de Vigilância em Saúde, Dra. Camila Rozisca Nassar  5ª Regional de Saúde, Dra. Francielle Dechatnek – Coordenadora do Departamento de Vigilância Sanitária Municipal de Curitiba, Dra. Aline Manzato - Delegada Titular da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Saúde, Dr. Gustavo Richa Coordenador Executivo do PROCON Londrina e Dra. Daniela Dorneles – Coordenadora de Portos, Aeroportos e Fronteiras (PAF) – ANVISA.

Ao final, o evento foi concluído com êxito e os participantes saíram com novos conhecimentos a serem aplicados no dia a dia da fiscalização, seja qual for o segmento de atuação. As entidades presentes ainda estreitaram laços que fortalecerão futuras ações conjuntas em benefício da saúde da população.


Fonte: Assessoria de Comunicação / CRF-PR