Notícias

Publicado em 03/12/2018

Farmacêuticos são homenageados pelo trabalho em prol da saúde


Farmacêuticos são homenageados pelo trabalho em prol da saúde

Profissionais exemplares, sinônimos de excelência e confiança, foram homenageados durante a 882ª Reunião Plenária do CRF-PR, realizada no dia 20/09, em Curitiba. Alusiva ao Dia Internacional do Farmacêutico, celebrado no dia 25 de setembro, a tradicional cerimônia exalta farmacêuticos que dedicam seu trabalho diário à profissão e à saúde da população.

Durante seu discurso de abertura da solenidade, Dra. Mirian Ramos Fiorentin – Presidente do CRF-PR – ressaltou a necessidade de honrar profissionais que mudam e mudaram a história da profissão paranaense. “É com extrema alegria que celebramos a profissão através destes profissionais. Eles são exemplos de luta pela valorização e crescimento da categoria. Este é um pequeno gesto que podemos fazer pelas inúmeras contribuições que resultaram no engrandecimento da profissão”, afirmou.

A primeira homenageada do dia, Dra. Francielle Cristine Dechatneck, coordenadora da Vigilância Sanitária de Curitiba, onde trabalhou em conjunto com o CRF-PR em inúmeras operações de fiscalização. Durante seu agradecimento, Dra. Francielle demonstrou a alegria de ser homenageada por esta entidade, mesmo com tão pouco tempo de atuação na área. “Ser farmacêutica para mim é muito importante. Sou muito realizada atuando nesta profissão, principalmente na área de vigilância sanitária. Hoje me considero uma profissional completa e apaixonada pelo meu trabalho”, destacou.

A cerimônia seguiu com a entrega da homenagem à Dra. Mônica Holtz Cavichiolo Grochocki. Conselheira pelo CRF-PR, já atuou como docente e hoje é Diretora Técnica do Consórcio Intergestores Paraná Saúde. Emocionada, Dra. Mônica relembrou sua trajetória como profissional e os anos dedicados às Comissões e ao Plenário do CRF-PR. “São diversos êxitos que conseguimos juntos. Trabalhar com a equipe do Conselho Regional de Farmácia do Estado do Paraná é muito gratificante. Ver nossas lutas resultando em melhorias para a profissão é extremamente satisfatório”, acentuou.

Por fim, Dra. Lia Mello de Almeida recebeu a honraria. Presidente do Sindicato dos Farmacêuticos no Estado do Paraná (Sindifar-PR), Diretora Regional Sul da Federação Nacional dos Farmacêuticos (Fenafar) e membro da Comissão de Ética do CRF-PR, atua como docente e é reconhecida nacionalmente por sua carreira dedicada às causas farmacêuticas. “Realmente é muito emocionante receber esta homenagem. Aqui no CRF-PR eu me sinto em casa, já que são mais de 14 anos dedicados à Comissão de Ética, onde aprendi muito e cresci imensuravelmente como profissional”, explanou.

No dia 26/10, na Seccional de Londrina, o farmacêutico Francisco Kohatsu recebeu das mãos da Dra. Leila de Castro Murari, Vice-Coordenadora da Seccional e Conselheira, a sua homenagem referente ao Dia Internacional do Farmacêutico. Também participaram da solenidade: Dr. Rafael Honório da Silva - Coordenador da Seccional de Londrina e Dr. Valquires Godoy - Supervisor da Seccional, além dos familiares do Dr. Francisco, sua esposa Erminda Mieko Ono e seu filho, o farmacêutico Sérgio Kohatsu.

Ainda foram homenageados Dr. Yoshio Hashimoto e Dr. João Carlos Seratiuk, que receberam as honrarias durante a 884ª Reunião Plenária do CRF-PR, realizada no dia 29/11. Dr. João, em seu discurso, relembrou as dificuldades enfrentadas no começo de sua vida profissional e política, como quando atuou como Vice-Presidente do CRF-PR. “Foram muitas batalhas que, vitoriosamente, resultaram em muitas conquistas. Fico honrado de ter participado do CRF-PR e ajudado a minha profissão”, afirmou. Dr. Yoshio, por sua vez, foi representado por seu filho, o também farmacêutico Dr. Nelson Yudi Hashimoto, que relembrou as histórias do pai e agradeceu o carinho dos presentes. “Saber que meu pai foi parte fundamental da vida de tantas pessoas é muito gratificante”, revelou.

O CRF-PR, mais uma vez, parabeniza os farmacêuticos homenageados, profissionais dispostos a contribuir com o fortalecimento da profissão farmacêutica e, consequentemente, com a saúde pública.


Fonte: Assessoria de Comunicação / CRF-PR